Ponto V!

Home Mercado Carreira Então você quer fazer jogos?
Paulo V. W. Radtke
Então você quer fazer jogos?Imprimir
Escrito por Paulo Vinicius Wolski Radtke

Se tem uma coisa que é bastante comum, é o sujeito fazer um vestibular e descobrir que o curso era algo completamente diferente do que ele esperava. Uma tirinha do Nerdson, que menciona especificamente "aprender a fazer jogos" e "fazer um curso de computação", exemplifica claramente o caso com grandes chances de acabar em frustração.

A maioria das pessoas que querem fazer um jogo são, na maioria esmagadora, jogadores que se encantam com as imagens na tela. Nada de anormal, a pessoa que vira pintor também se apaixona pela arte vendo trabalhos de terceiros. Só que ao contrário do pintor, que trabalha sozinho e tem uma técnica comum a maioria de seus trabalhos, o jogo é feito por muitas pessoas, com competências bastante diferentes. Cada uma dessas pessoas não produz um pedaço "tangível" do jogo. Ou seja, se você pegar o trabalho de 10% da equipe, você não sai com 10% do jogo. A soma do trabalho para se fazer um jogo é maior do que as partes individuais. Só que ninguém fazendo vestibular hoje sabe disso, nem sabe para qual dos 10% do jogo ele quer contribuir e que ele não pode contribuir em todas as etapas. Pior ainda se o indivíduo usou uma ferramenta do tipo maker, visual, que é uma ferramenta que não tem nada a ver com programação.

Para deixar mais claro, imagine a seguinte situação. Você está jogando pela primeira vez na sua vida uma partida de Super Mario Brothers (uma vez isso deve ter acontecido, então lembre-se da sensação). Em um dado momento o Mario "gigante" pula contra um bloco do cenário e quebra-o como se ele não fosse nada. Ao fazer isso, você vê que o Mario agora pode passar livremente por onde havia o bloco antes. Inclusive, inimigos podem fazê-lo. Um bloco que você podia até andar em cima, agora tinha virado um vazio no espaço. Você:

(a) Fica encantado, pensando nos novos caminho que você pode criar no cenário quebrando os blocos.

(b) Fica encantado, pensando na adequação da animação do bloco sendo quebrado e no efeito sonoro utilizado.

(c) Fica encantado, imaginando como aquela maquininha consegue dizer que ali tinha um bloco, mas que ele quebrou-se e agora o personagem pode passar por ali.

Se você se identificou mais com as duas primeiras respostas, pense duas vezes antes de fazer um curso de computação. Você pode fazer jogos, mas criando o enredo, fazendo a arte, o level design, etc. Para você, pode ser mais eficiente um curso design digital, que vai trabalhar exatamente com o que você se identifica e, melhor de tudo, vai permitir você fazer um jogo com o que você espera que seja fazer um jogo.

Você pode até argumentar "mas eu gosto de mexer com computador". Oras, usar um carro não torna uma pessoa habilidosa em mecânica. Saber usar as ferramentas do computador não é o mesmo que saber criá-las, que é o que um programador faz. Depois você pode dizer "mas eu sou craque em configurar o computador", ou melhor pro pessoal do Linux "eu sei recompilar okernel". É o equivalente a dizer que você entende de mecânica porque instalou você mesmo os acessórios do seu carro. Configurar um sistema operacional não é o mesmo que escrever um, que é o que programadores (consideravelmente) avançados fazem.

A cartada final para quem responde as letras a e b é de que Shigero Miyamoto era programador. O Chris Crawford era programador. O Peter Molyneux era programador. Exceções não fazem a regra. Existem bons designers que também são bons programadores. Mas em geral, um bom designer é um péssimo programador, e vice-versa. Sem contar que na época do Atari e dos primórdios dos jogos de 8 bits (computador e videogame), só chegava perto de computador um programador, logo, só os poucos que tinham noção de design faziam jogos. Mas a medida que a coisa se profissionalizou, designers tomaram conta do campo da criação, enquanto programadores fincaram o pé no campo da realização.

Aí resta a pergunta indignada de quem respondeu a/b: e porque o sujeito que responde c pode fazer um curso de computação? Porque ele tem pensamento cartesiano. Para ele o mundo é visto como causa e efeito. Para ele, tudo o que ocorre naquele jogo tem uma razão de ser e interessa mais a ele como aquilo foi feito do que aquilo implica no jogo como um todo. É o sujeito que vai tornar possível na "maquininha" a visão do designer.

Um bom programador de jogos é o sujeito que gosta de matemática e conhece as principais técnicas computacionais, para aplicar isso em um jogo. É o sujeito que sabe a relação de um autômato finito e o personagem de um jogo. É quem sabe que um grafo pode servir para criar os caminhos dos personagens do PacMan a representar a hierarquia dos objetos de uma cena 3D. É quem escreve um pequeno compilador para ler do disco as configurações do seu personagem. É quem tem uma aula de álgebra linear e tem um click de como a placa de vídeo projeta os pontos de uma textura em um polígono na tela. É quem conhece a tese de Church-Turing para dizer que certa idéia no jogo não funciona, mas se limitar a certo contexto dá praticamente o mesmo resultado e torna o problema solúvel pelo computador. Enfim, é o cara que pensa em números antes de pensar em imagem na tela.

Claro, muitos que fazem um curso de computação podem argumentar que nenhum professor comente isso em sala. Bobagem. A área de computação é tão vasta que é utopia querer que um curso seja capaz de preparar um aluno especificamente para um setor sem que ele perca uma coisa importante: a habilidade de se adaptar a novas situações. Para quem duvida disso, basta ver anúncios de empresas estrangeiras de jogos no Gamasutra. Todas as posições iniciantes requerem sólida base de ciência da computação (ou de engenharia de computação). Profissionais que saem da universidade com a fundamentação para atuar com a computação como uma ferramenta para atingir um resultado.

Então, para que você não fique indignado como na tirinha do Nerdson, pense bem no tipo de sujeito que você é, porque ele vai dizer o curso que você deve fazer. Se você for o sujeito da resposta c e achar que a faculdade não está ajudando você a entender como o bloco do Mario desaparece, não se preocupe.Use o lado auto-ditata que a faculdade lhe dá e leia bastante, aí você vai agradecer que você aprendeu autômatos, álgebra linear e outras matérias que você não tinha a menor idéia para que serviam.


Comentários (50)
  • Raniere Carvalho
    avatar

    Ótimo texto, está de parabéns Paulo. Dei muitas risadas támbem.

  • Renato  - risso
    avatar

    huahaus, se você riu, você é programador!

  • Patrick Bassut
    avatar

    Muito bom. Acho que tem muita gente "com medo" disso. Mas teve coisas que você disse que eu me encaixei bem. Fiquei até feliz. rsrs. Só assim, vejo que não estou indo pelo caminho errado.
    Obrigado ai.

  • Marcos Vasconcelos
    avatar

    hehe.. verdade.. faculdade não ensina o que voce quer saber

    Entrei na faculdade depois de estudar 3 anos de programação inclusive de jogos pensando que ia aprender algo legal que ia me ajudar, mas vi que já sabia o que queria me ensinar até agora, e nada do que eu queria ver foi ensinado, nem mensionado em aula. =/

  • Vinícius Godoy de Mendonça
    avatar

    Não? A maioria das faculdades dá várias disciplinas relacionadas a jogos: IA, Computação Gráfica, Redes.

    Ok, concordo que muitas vezes o aluno tem que ter a capacidade de abstrair o que está sendo estudado e adaptar ao tema jogos. Ela não vai falar exatamente do problema que está te deixando de cabelo em pé nesse seu jogo específico.

    Por outro lado, esse primeiro contato é importante, pois ele já tem uma noção de boas bibliografias e por onde começar procurando, além de formar uma terminologia básica fundamental para perguntar em fóruns da área, como o próprio GUJ, que participamos.

    E, claro, existem faculdades boas e ruins, professores bons e ruins e alunos bons ou ruins (mas acredito que não seja o caso de quem vem a esse fórum, embora os colegas dele possam atrasar quem realmente está interessado).

  • Vlad, o Impalador  - heheh
    avatar

    Não é bem assim, cara...

    Acho que um cara que nunca programou na vida nõ ia ficar encantado imaginando como o computador faz internamente pra dizer que o bloquinho do Super Mario desapareceu.

    Mesmo porque, se o cara não sabe programar, acho que ele sequer ia imaginar alguma coisa com sentido a esse respeito... heuheuheheheh

  • Vinícius Godoy de Mendonça
    avatar

    Eu sempre tive curiosidade para saber como o computador fazia as coisas.

  • Alberto.S  - Então você quer fazer jogos?
    avatar

    Excelente artigo Paulo, parabéns! Espero ver em breve novas contribuições suas neste site. :)

  • Carolina F.
    avatar

    Bom, eu frequento um fórum de emulador de RO e a pouco tempo tive a sensação que queria fazer um emulador melhor e mais organizado.

    Também quando eu jogava RO, queria saber como se fazia um jogo de MMO. Desisti do PC por não entender/saber nada de nada, aí meu irmão que é meio nerd foi me ensinando umas coisinhas e cabei pegando gosto por um bloco de comandos que fazia o jogo PÁ fica pronto. '-'

    Resumindo, acho que a pessoa que quer consegue. Se você acabou de conheçe o objeto chamado PC e tem a curiosidade de como fazer tal coisa, você acha e aprende. Assim, quando você conheçer um jogo e pesquisar sobre ele, tipo dele e tal, você vai acabar tendo a sensação de querer fazer um jogo baseado nele; mas melhor.

  • Jacqueline Almeida  - Bem isso
    avatar

    Apesar de ser uma das poucas meninas na sala, ach que falo por todas que é bem isso auuashuhas eu queria saber como fazia para fazer tal coisa no jogo, mas minhas amigas queriam fazer aquele cenario bonitinho, metade delas sumiram do curso -.-

    *____* me ferrei em quase todas as materias menos a q eu queria programação, nessa tirei 96 \o\

  • Igor  - Gostei
    avatar

    vey eu não sou muito experiente nesse negocio de programação, mais ultimamente tenho me esforçado muito para alcançar o meu objetivo de criar um jogo mmorpg 3d, peguei umas apostilas da internet e começei a estudar a praticar no compilador a linguagem de programação c++ e c
    e acho que estou no caminho certo e pelo o que voce disse me ajudou muito a ter mais esperança, se for possível me de uns toques do que é necessário para fazer um mmorpg

  • Bruno  - Que pena...
    avatar

    Que pena que eu não li uma tirinha dessa em 2006/2007 quando começei a faculdade...

    Mas ao mesmo tempo hoje (depois da graduação), vejo as coisas de uma maneira diferente, gosto de programação, mas acredito que eu goste mais de ter idéias e da arte...

    Vou ler o conteúdo do portal inteiro antes de dar um próximo passo...

    Vlw e até mais

  • Washington
    avatar

    Bom não me encaixei em nenhuma dessa A),B) ou C) pq nunca me veio na cabeça nenhuma dessas perguntas só essa como eles fazem um jogo desses?Como graficos impecaveis de linneage 2 e residente evil 5 não mee vejo como game design ,apesar de gostar de pensar em jogos que seriam legais gosto mesmo de "fazer" e softwares gosto da sensação de ter feito algo legal ,começou exatamente desse jeito:
    Vou modificar Meu GTA SA gostei de como ficou!
    vou fazer um server de ragnarok?! ficou legal !
    E pq não um jogo

  • Bruno Crivelari Sanches
    avatar

    A sua pergunta dependendo do que exatamente você quer saber se encaixa mais na C.

    Se você quer saber detalhes de equipe, gerenciamento de projeto, etc, então é mais para um lado de coordenação de projetos.

    Se quer saber a parte técnica de como é construído um jogo, de como são produzidos os gráficos, sons, etc. Tudo isso juntado de forma a no final se ter um jogo, então vejo como sendo uma variação da pergunta C :).

  • Ytrio Salmito  - Jogos Eletrônicos
    avatar

    Bom Artigo Paulo Vinicios :side: , eu acho que min encacho na alternativa C,
    Por que eu sempre quiz compreender como aquilo é feito dentro do jogo
    qual os cálculos relacionado a matemática e física são usados para fazer determinado efeito no jogo, e como devo aplicar as técnicas certa para fazer o jogo funciona :)
    Abs para todos \o;

  • Ytrio Salmito  - Jogos Eletrônicos
    avatar

    Bom Artigo Paulo Vinicios :side: , eu acho que min encacho na alternativa C,
    Por que eu sempre quiz compreender como aquilo é feito dentro do jogo
    qual os cálculos relacionado a matemática e física são usados para fazer determinado efeito no jogo, e como devo aplicar as técnicas certa para fazer o jogo funciona :)
    Abs para todos \o;

  • SËRiALL  - lmao
    avatar

    A Primeira vez q eu joguei mario eu tinha uns 4 anos...

    como eu ia pensar numa coisa dessa... :pinch:

  • Vinícius Godoy de Mendonça
    avatar

    E hoje, o que você pensa? Não precisa ser no Mario Bros. pense apenas no primeiro jogo que te encantou.

  • Magno Medeiros
    avatar

    Confesso que quando era guri ainda me peguei pensando em como danado que eles colocavam aquele conteúdo todo numa fita/cartucho?
    Depois de curiar a peça cheguei até a placa.
    Foi tipo... WTF?

    Com o tempo eu quis aprender de tudo um pouco sobre gamedev e hoje eu não possuo nenhuma especialidade na área.
    Acho que com meu perfil Gerenciamento seria o mais viável.

    Gostei muito do artigo rapa.
    Valeu ai!
    =)

  • Caique  - Dúvida
    avatar

    Olá,realmente gostei do artigo,e quero ser programador de jogos.Mas só tenho 14 anos e não sei nada,mesmo que procure,leia em tutoriais ainda não consegui resultado algum.Estou em dúvida em que curso fazer,creio que ciências da computação seria o mais adequado,mas tenho medo de começar a fazer o curso e ficar perdido,chegar lá sem conhecimento algum.O que devo fazer?? :S

  • Bruno Crivelari Sanches
    avatar

    Como qualquer curso de nível superior, o único requisito básico é passar no vestibular, não tem que ter conhecimento prévio.

    Mas o ideal é dar uma estudada na parte de programação para ver se realmente lhe interessa. Muitos ingressam nesse curso porque simplesmente gostam de "usar computador" e geralmente não ficam mais do que um ano.

    T+

  • Caique
    avatar

    Ah,muito obrigado pela informação.Eu estou procurando aprender a linguagem python,para ter uma idéia básica da programação.

  • Stefany  - Eu nao fiz nenhum curso
    avatar

    Assim, eu não fiz porque eu não sei se criança podem fazer, mais eu queria fazer um jogo estilo de guitar hero. maais eu não sei, eu não sou boa no computador. entao eu queria ajuda para fazer.

  • Eduardo  - KKK Tomei Um Susto
    avatar

    Nossa eu começei a ler as opções quando chegou na terceira meus olhos brilharão por que eu gosto muito de saber como as coisas funcionam, por que elas estão ali por que elas tendem a ter reação.

    Brigo muito com meus colegas por causa desse meu senso critico kkk

    Tenho 15 anos e pretendo entra nesse caminho se alguém estiver disposto a mim ajudar mim add no msn MSN: programadoreduardo@msn.cn

  • Calebe
    avatar

    Pra ser sincero, o jogo que me fascinou, apesar de ser EPIC RECENTE, foi o Skyrim! Minha memória é bem ruim, então eu não lembro, mas eu penso em "como eles fazem para, caso eu aperte "->", o boneco vira, o gráfico vira? Eles fazem milhares de desenhos a mão pra isso? (como nos desenhos mais antigos de TV)

    Mas ao mesmo tempo, ja até pensei em algumas idéias para jogos, história(claro, não parei pra ficar pensando num jogo com uma história de horas, mas pensei no 'principal'), não desenho bem e não sou mt chegado em ficar desenhando no pc..

    O que vc me recomendaria? Achei interessante a Unisinos no Rio Grande do Sul, mas também falaram sobre a PUC ou a Anhembi Morumbi aqui em SP-SP mesmo..

    se puder me adicionar no msn, pois tenho algumas dúvidas, sei que estou atrasado, tenho 20 anos e estou começando a estudar isso agora, por conta prórpia, eu agradeceria :D
    é kleb_brt@hotmail.com

    Valeu cara, um abraço, muito bom o post

  • Bruno Crivelari Sanches
    avatar

    Nos jogos 3d o que eles fazem é modelar um objeto em 3 dimensões e usar algoritmos de computação gráfica que permitem você desenhar ele de qualquer ângulo, não precisam gerar uma imagem para cada ângulo, seria praticamente impossível.

    A animação sim, de certa forma é feita como no desenho animado, fazem o modelo em cada posição... mas no caso do 3d é de certa forma um pouco mais simples, seria como pegar um boneco de brinquedo e ir posicionando ele em cada posição e o resto o computador faz, isso sem considerar técnicas de captura de movimentos, você vai ver isso em qualquer making off de filme moderno.

    T+

  • ingry
    avatar

    eu goste desse texto parabens !!!! :)

  • Anônimo  - re: Gostei
    avatar
    Igor Escreveu:
    vey eu não sou muito experiente nesse negocio de programação, mais ultimamente tenho me esforçado muito para alcançar o meu objetivo de criar um jogo mmorpg 3d, peguei umas apostilas da internet e começei a estudar a praticar no compilador a linguagem de programação c++ e c
    e acho que estou no caminho certo e pelo o que voce disse me ajudou muito a ter mais esperança, se for possível me de uns toques do que é necessário para fazer um mmorpg
  • ANdre  - www
    avatar

    Pow, interessante, gostei muito hehe :D

  • Igor Araujo  - Muito Bom!
    avatar

    Paulo Vinicius, você é o cara!!!

    soube estruturar esse texto de uma forma Hiper, Mega foda.

    Em relação as opções A, B e C: sinceramente a que mais encantou meu Cérebro foi a letra B, se bem que em alguns casos específicos, não a do Mario, tive uma pensamento relacionado a letra C.

    Já que tive mais compatibilidade com a B, quais seriam as opções de trabalho ou conhecimento para mim???

    Um abraço e boa sorte a todos que pretendem entrar nesse vasto Universo Tecnológico.

    By: Igor Araújo :woohoo:

  • Paulo Vinicius Wolski Radtke
    avatar

    Oi Igor, opção B você curte, provavelmente, a parte visual e de animação do jogo. Acredito que um curso de design, com foco em projeto visual, mais uma especialização em animação e cinema sejam uma pedida razoável. Existem alguns cursos de design de jogos digitais que tratam também dessa parte (mas também se focam bastante na parte a, o projeto do jogo). De resto, é batalhar, porque curso que te entrega pronto pra um emprego no mercado não existe :).

  • Igor Araújo  - OK, Vlw!
    avatar

    Hm... compreendo!

    De ante mão, estou em um curso de edição de vídeo que envolve um pouco de cinema. Vou procurar outras oportunidades de me desenvolver em animação.

    Ontem terminei meu Roteiro, mas ainda preciso analisar detalhes. Tenho um bom professor que atua na área de cinema e com certeza ele ira me dar boas dicas.

    Vlw mais uma vez.


    By: Igor Araújo ;)

  • Rakov Kreviech  - DUVIDA-Como e por onde começar?
    avatar

    -Olha gostei bastante do artigo muito bom, olha sinceramente gostei de todas as opções sendo A B C, achei a C interessante cara, mas odeio matemática então programar é meio foda pra quem não gosta de cálculos e mexer com números.Eu pretendo ser um game designer que nem o Ed Boon(Co-criador de Mortal Kombat,e o cara em que me inspiro xD), eu já tenho uns amigos meus interessados, e começamos a montar projetos para jogos, eu fiz alguns roteiros das fases como se fosse uma sequencia linear dos fatos baseados em filme(ex:"ao chegar no 26°andar ele encontra um velho amigo...";) e ("W encontra uma SPAS-12...";) as coisas que planejamos que aconteça.Já temos uma história até boa pro jogo e alguns títulos, planejamos varias coisas legais, e não temos dificuldades em desenvolver os fatos, a história, e tudo mais.Só quero que me ajude, ou melhor ajude esta futura equipe por onde começarmos, queremos ir pra BH fazer a faculdade os cursos básicos para podermos mais adiante fazer uma em SP(que requer conhecimentos básicos de designer e programação), bem eu particularmente me interessei pelo "Digital Designer", mas quero fazer um curso em que me ensine a criar os personagens, os cenários, aqueles "puzzles"(tipo colocar peças em tais lugares movimentar coisas para abrir o caminho) isso tudo em geral forma o design level da fase, as partes de tiroteios(ação) sabe(até parece que eu quero tudo rsrsrs mas não eu quero mais é fazer as coisas e não somente sentar na cadeira elaborar as histórias e deixar os outros com o resto :O), bom depois de muita ladainha peço que me recomende um bom curso que se encaixe ao meu perfil, as minhas condições como você pode ler acima^.Obrigado por ler e continuem assim com esses ótimos artigos!!^.^

  • Danilo
    avatar

    Muito bom cara ajudou pra caranba minha vida....

  • Anônimo
    avatar

    vc fes um texto lindo ta e pareens :woohoo:

  • Mitch
    avatar

    Obrigado pelos textos Bruno Crivelari Sanches(q foi qm me indicou este post antes de mais nada) e Paulo Vinicius Wolski Radtke.
    Otimos textos.mas minha duvida nunca foi sobre minha vocação ou talentos pra programação,ja tinha certeza q esse nao é o meu caminho antes de ler este texto.
    sou mais o tipo roteiro e ideias e gostaria de trabalhar ou fzr um(ou alguns) curso mais ligado a design e graficos 3d.
    minha duvida é:
    uma boa ideia,mt força de vontade(este da minha parte apenas),auto conhecimento das proprias limitações e mts amigos com diferentes afinidades e habilidades é suficiente pra se iniciar um projeto ou seria melhor eu pensar nesta ideia como um hobby prazeroso?
    ou pra simplificar:
    grandes ideias são o ponto de partida?

  • joao
    avatar

    Ola gostava de saber se uma pessoa com 12 anos pode fazer um jogo?

  • Anônimo
    avatar

    Tudo depende de você, para lhe inspirar: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2012/04/garoto-de-10-anos-cria- jogo-de-videogame-para-avo-cega.html

  • João  - re:
    avatar
    Mitch Escreveu:
    melhor eu pensar nesta ideia como um hobby prazeroso?
    ou pra simplificar:
    grandes ideias são o ponto de partida?


    tenho a mesma duvida. valew pelos textos estao de mais.

  • Marcel  - Gostei!
    avatar

    Cara parabéns, que texto esclarecedor. Penso seriamente em mudar de ramo (trabalho no dpto comercial na área de comércio internacional) e sempre tive noção da minha inaptidão em matemática. Mas como há aqui em Curitiba o curso de Desenvolvimento de Games na Universidade Positivo, estou pensando seriamente em cursar. Talvez eu não fiquei milionário mas já tenho alguns roteiros e personagens prontos, só o fato de poder trabalhar com o que realmente amo realmente seria inimaginável. A propósito, eu escolhi a opção A hehe

  • Anônimo
    avatar

    erado vou ser o melhor rsrssrsr

  • Anônimo
    avatar

    vou mostra que um trabalho duro pode fazer

  • breno Lopes  - ajuda aki hoo
    avatar

    :woohoo: também pretendo fazer esses cursos e tals
    mas tenho ainda 12 anos e nesse momento so foco em meus estudos sabe no momento moro em floripa e queria uma lista de sugestões de curso ou vestibular fiquei sabendo de faculdades especializada nesse quesito em rio grande do sul e são Paulo Anhembi quais os cursos a e gostei muito da opção A minha meta rsrsrs

  • eduardo  - ajuda aee
    avatar

    cara tenho 14 anos e quero começar a fazer um curso mas quero fazer um com que eu goste quero fazer oq me da vntd .. acho que me encaxei mais no A/B porem não entendo nd ainda sobre Design msm assim devo começar ? .. quero dicas .. vlw ! ... belo texto :)

  • Marco Aurelio
    avatar

    Olha Eduardo , eu tenho 17 anos e estou cursando o 3º ano do ensino médio . Farei o Curso de Jogos Digitais na minha cidade ano que vem , se é isto que vc quer , vá em frente . Faça oque te dá vontade , prazer . Boa sorte !

  • Marco Aurelio
    avatar

    Lembro de quando era pequeno e jogava contra a máquina e ficava pensando ! Será que tem ''algo'' dentro do vídeo game jogando comigo ? Como que alguém consegue fazer com que um simples desenho se mova na tela ? Simplesmente fantástico este mundo do games !!!!!!!!

    Obs : Me identifiquei com a alternativa C

  • tata
    avatar

    Alguem mede yma dica para iiniciante eu nao entendo nada mas to pesquisando tuso soo assunto na internet roteiro,desenvolvimento,programcao etc....

  • tata
    avatar

    Tenho 17 anos quero comecar a criar meus jogo algum me indique um caminho to no primeiro ano ainda mas quero fazer um curso mas meu dejejo e criar o jogo saber qual e a sensacao de ser quiar um jogo que curso me indican to pesquisando na net bastante sobre o desenvolvimento do jogo tanbem to tantando ver tutoriais no yotube mad e meio ruim

  • lazaro jardel  - futebol
    avatar

    oi

Escrever um comentário
Your Contact Details:
Gravatar enabled
Comentário:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img]   
:angry::0:confused::cheer:B):evil::silly::dry::lol::kiss::D:pinch::(:shock:
:X:side::):P:unsure::woohoo::huh::whistle:;):S:!::?::idea::arrow:
Security
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.
LAST_UPDATED2  

Busca

Linguagens

Twitter